Home
Quem sou
Família
Casais
Filhos
Educ.Contra a Violência
Contato
 


   O  atendimento de família proporciona ao terapeuta e aos membros da família uma visão ampla da questão a ser abordada, desta forma fica mais fácil " ir direto ao ponto", ao foco. Proporcionando o empoderamento (empowerment), de todos os membros da família.  Onde normalmente estes começam também a interagir  como " terapeutas", ajudando-se uns aos outros: multiplicando e otimizando assim os resultados.

DIVÓRCIOS e SEPARAÇÕES

   Comparando a geração atual (aproximadamente quarenta anos), com a passada (aprox.oitenta), vemos por exemplo que até bem pouco tempo atrás, o divórcio não era sequer uma opção para os casais.

É claro que a sociedade muda e isso é muito bom, também isto não é uma questão moral. Entretanto,    nos últimos anos, há quase que uma pressão social, velada e as vezes manifesta, contribuindo para que os casamentos se desfaçam. Sendo este comportamento interpretado por muitos como um comportamento flexível e moderno, transformando desta maneira a " norma "  em exceção. Como aconteceu com a maneira como as pessoas se relacionavam com seus empregos, onde na geração de nossos pais, eles deveriam permanecer na mesma empresa até a aposentadoria, quando seriam reconhecidos por seu empenho e dedicação. Nos casamentos, rituais onde as pessoas recebiam medalhas de prata e ouro, de acordo com o passar dos anos vividos em comum, parecem não ter o mesmo valor que outrora. Não merecendo também as mesmas honras, respeito e admiração dos amigos, parentes e da sociedade em geral.

É esta a " nova ordem dos dias" ?

   A mensagem passada indiretamente é que: pessoas que se concentram muito em uma "tarefa", estão deixando de experimentar o caráter urgente e imperdível de outras inúmeras opções.

   Acreditamos que serão as famílias e, principalmente suas crianças, o lado mais fraco da corda. Segundo relatório da Unesco em 2020 a depressão infantil será a  segunda maior doença do mundo, só perderá para doenças cardiológicas! Acreditamos que as diferenças de ritmo causadas pela globalização (acelerado, massificado, artificial e imposto), influenciam em todos os aspectos da vida cotidiana das pessoas e não são compatíveis com o ritmo do Ciclo de Vida do ser humano (orgânico, natural e individualizado) e, pode ainda ser o grande causador deste problema (de)pressão, que a sociedade escolheu (?) viver.    

 


 

 
 
Top